EnglishMaximedical
001.jpg

EMBOLIZAÇÃO HEMOSTÁTICA

Caso

EMBOLIZAÇÃO HEMOSTÁTICA é um procedimento muito importante no pré-operatório de tumores. O tumor é uma doença de grande interesse para o cirurgião vascular, na medida em que crescem aderidos à adventícia dos vasos que compõem essa bifurcação. Por isso, sua cirurgia requer não só o conhecimento anatômico da região, mas também perfeito reconhecimento das técnicas de reconstrução vascular. As Embosphere™ Microspheres são produzidas a partir de um polímero acrílico e impregnadas com gelatina porcina (colágeno porcino) e por isso são biocompatíveis, hidrofílicas e não-reabsorvíveis. O revestimento de gelatina porcina permite às microesferas serem biocompatíveis, não causando necrose no vaso embolizado, com a preservação seu formato com o passar dos anos. Já o PVA, por ser de material plástico e não possuir revestimento biocompatível, causa necrose no vaso, tendo seu formato prejudicado e facilitando a revascularização do vaso embolizado. O PVA também pode causar inflamação localizada. As microesferas são precisamente calibradas e apresentadas em várias dimensões, para atender a diversas aplicações e sempre embolizar somente o microvaso pretendido e preservar a artéria uterina. Por isso, no caso de algumas Embolizações de Miomas Uterinos são utilizadas microesferas de 2 ou até 3 tamanhos (dependendo do número e tamanho dos Miomas a serem atingidos): inicial 500/700m, posterior 700/900m e quando houver necessidade, 1000/1200m.

 

Tratamento

MERIT possui produtos para a linha de embolização. As EMBOSPHERES são agentes embólicos utilizados neste processo que, ao serem injetados, causam oclusão intencional de artérias ou veias.

  •