EnglishMaximedical
001.jpg

Profissionais da Saúde

Novidades

Diabetes aumenta o risco de doenças do coração

O dia 14 de novembro é considerado o Dia Mundial do Diabetes, porém, o que muitos não sabem é que esta doença pode agravar ou causar várias outras. Por exemplo, quando mal controlado, provoca um aumento na possibilidade de infarto ou doenças cardíacas. De acordo com o portal do Instituto Albert Einstein, nos diabéticos as chances de um infarto podem chegar a 40% nos homens e 50% nas mulheres. Quando se instala, também potencializa outras condições de risco, como a pressão alta e o colesterol elevado. Por não ter cura, funciona como uma espécie de combustível perverso, pronto para causar muitos problemas.

O diabetes é uma síndrome metabólica de origem múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade desta exercer adequadamente seus efeitos, causando um aumento da glicose no sangue.  Esse acúmulo provoca danos, pois aumenta a formação de placas de gordura gerando coágulos. Por sua vez, eles podem entupir vasos ligados a órgãos como coração, cérebro e membros inferiores, causando infarto ou AVC ou trombose. Muitas vezes o infarto ocorre antes do diabetes apresentar sintomas ou ser diagnosticado.

As doenças cardiovasculares estão entre as causas mais frequentes de morte no Brasil e controlar o diabetes significa afastar essa ameaça. E é fácil seguir esse caminho. Primeiro, é necessário avaliar a presença de fatores de risco, como tabagismo, excesso de gordura abdominal, hipertensão, sedentarismo, dieta pobre em fibras e histórico do problema na família. Quando esses fatores existem, o acompanhamento com um profissional de saúde promove uma melhora gradual no estilo de vida que reduz o risco de desenvolvimento da doença em cerca de 60%, segundo o Instituto Albert Einstein. Em pessoas com diabetes, a conscientização ajuda os pacientes na redução da gordura abdominal e no controle dos níveis de pressão, colesterol e glicose. Com isso, diminuem-se os riscos de infarto e de AVC. E para os que não possuem nenhum fator de risco, vale sempre lembrar: boa alimentação e exercício físico regular promovem o bem estar e ajudar a manter os problemas bem longe.

MaxiMedical marca presença no TCT

O Transcateter Cardiovascular Therapeutics (TCT), maior e mais importante encontro educacional do mundo especializado em medicina cardiovascular intervencionista, contou com a presença de representantes da MaxiMedical. A edição de 2013 aconteceu do dia 27 de outubro a 1º de novembro em São Francisco, Califórnia.

Há 25 anos o TCT tem sido o centro de um novo conteúdo educacional de ponta, apresentando os mais recentes avanços nas terapias atuais e investigação clínica. Promovido pela Cardiovascular Research Foundation (Fundação de Pesquisa Cardiovascular) e co-fornecido pelo American College of Cardiology Foundation, o simpósio é projetado para melhorar a competência e o desempenho de cardiologistas intervencionistas, radiologistas, cardiologistas clínicos, cientistas básicos, especialistas em medicina vasculares, cirurgiões cardíacos e vasculares, enfermeiros profissionais, técnicos de laboratório e outros profissionais de saúde com interesse especial no campo da medicina intervencionista e vascular.

O encontro fornece os dados mais recentes baseados em evidências apresentadas pelos principais médicos, enfermeiros e cientistas que afetam a prática da cardiologia intervencionista e medicina endovascular, atuais e emergentes, para melhorar os resultados dos pacientes. Foram expostas técnicas e tecnologias com aplicações práticas ao redor do mundo, possibilitando aos participantes um melhor desempenho em casos como aterosclerose e doença cardíaca estrutural, doença coronariana e complexo endovascular, doença arterial periférica e carótida, pacientes submetidos à arteriografia diagnóstica e terapias de intervenção e demais complicações cardiovasculares.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------